Sobre a conjuntura atual — Alain Badiou
| |

Sobre a conjuntura atual — Alain Badiou

Em parceria com o LavraPalavra, publicamos hoje a tradução de um texto enviado por Alain Badiou quando da realização de evento – em que não pôde estar presente – na França, onde se discutiu a atual conjuntura. Por Alain Badiou O que eu gostaria de ter falado esta noite, mas não pude em razão de…

Os limites da democracia liberal — Slavoj Žižek
| |

Os limites da democracia liberal — Slavoj Žižek

Nas semanas que antecedem a eleição presidencial dos EUA, diferentes tipos de resistência populista estão formando gradualmente uma frente unida: “Nos estágios finais da eleição presidencial dos EUA, grupos milicianos armados estão forjando alianças com teóricos da conspiração e grupos antivacina que afirmam que a pandemia de coronavírus é uma farsa, intensificando o medo de…

Poder, aparência e obscenidade: cinco reflexões — Slavoj Žižek
| |

Poder, aparência e obscenidade: cinco reflexões — Slavoj Žižek

1: O novo mestre obsceno O espaço público obsceno que está emergindo hoje muda a forma com que a oposição entre as aparências e os boatos funcionam. Não é que as aparências não possuam mais importância quando a obscenidade reina diretamente; é que, na verdade, espalhar boatos obscenos e agir de forma obscena sustenta, paradoxalmente,…

Monitorar e punir? Sim, por favor! — Slavoj Žižek
| |

Monitorar e punir? Sim, por favor! — Slavoj Žižek

  Muitos comentaristas liberais e esquerdistas observaram como a epidemia do coronavírus tem servido para justificar e legitimar medidas de controle e regulamentação das pessoas, medidas que, até agora, eram impensáveis ​​em uma sociedade democrática ocidental. O bloqueio total da Itália não é o “sonho erótico” do totalitarismo? Não é de se admirar que (pelo…

A aventura da filosofia francesa — Alain Badiou
| |

A aventura da filosofia francesa — Alain Badiou

Alain Badiou analisa neste ensaio a filosofia francesa contemporânea, buscando encontrar quais eram os traços peculiares e especiais deste momento da História da Filosofia que vai de Sartre até os últimos escritos de Deleuze.

Badiou elenca 6 elementos que, para ele, definiram tal “aventura filosófica”: instaurar uma nova relação entre conceito e existência; inscrever a filosofia na modernidade e levá-la para fora da academia, pondo-a em circulação no cotidiano; abandonar a oposição entre filosofia do conhecimento e da ação; inventar o que Badiou chama de “filosofia militante”; engajar-se num diálogo com a psicanálise; reinventar a figura do filósofo-escritor.

Como Mao avaliaria os Gilets Jaunes? — Slavoj Žižek
| | |

Como Mao avaliaria os Gilets Jaunes? — Slavoj Žižek

Neate texto, Žižek resgata os conceitos maoistas de contradição primária e secundária para abordar aquilo que, ao seu ver, é uma falha do movimento dos Coletes Amarelos, ao mesmo tempo em que apresenta um caminho para solucionar esta fraqueza.