De quem é a culpa? Entre o caos da saúde pública e o capitalismo do desastre – Felipe Gomes Mano
|

De quem é a culpa? Entre o caos da saúde pública e o capitalismo do desastre – Felipe Gomes Mano

No dia 27 de abril de 2021 foram veiculadas várias notícias expondo falas do ministro da economia, Paulo Guedes, em reunião do Conselho de Saúde, na qual foi tratado o delicado tema da gestão da saúde pública no Brasil durante a pandemia. Segundo o ministro, “todo mundo quer viver cem anos, cento e vinte, cento…

Na Colômbia estão nos matando! – Sören Daniela Molano Cajamarca
|

Na Colômbia estão nos matando! – Sören Daniela Molano Cajamarca

(Publicado originalmente na revista Némesis) Na Colômbia, desde 28 de abril de 2021, vêm acontecendo mobilizações em todos os cantos do país, especialmente nas ruas de Bogotá, Cali, Medellín e Palmira, entre outras cidades. As pessoas saem para protestar contra o governo de Iván Duque e a tirania do Uribismo, que continua atentando contra os…

MARIGHELLA: a memória de um Brasil que perdura  — Jade Amorim
|

MARIGHELLA: a memória de um Brasil que perdura — Jade Amorim

Em cada morro uma história diferenteQue a política mata gente inocenteE quem era inocente hoje já virou bandidoPra poder comer um pedaço de pão todo fodido.Banditismo por pura maldadeBanditismo por necessidade Chico Science É espantosa (ou não) a maneira como o filme Marighella foi recepcionado pela crítica alemã, o que põe em xeque a falta…

A articulação dos povos para além do capital – entrevista com Neto Onirê da Teia dos Povos
|

A articulação dos povos para além do capital – entrevista com Neto Onirê da Teia dos Povos

Entrevista realizada pela revista Zero à Esquerda com a participação de Neto Onirê, agricultor, Dirigente Estadual da Brigada Ojeffersson-MST e conselheiro da Teia dos Povos. O que é a Teia dos Povos? A Teia é uma articulação. Uma retomada das lutas que conseguiram apontar horizontes para além do Capital. Não é a primeira vez que…

O trabalho abstrato é universal? — Slavoj Žižek
|

O trabalho abstrato é universal? — Slavoj Žižek

Na medida em que ele deixa em silêncio o papel – chave da ciência moderna nos circuitos do capital, Saito pensa abstratamente no sentido hegeliano de abstrair ou ignorar circunstâncias concretas. E em nenhum lugar essa abstração é mais palpável do que sua afirmação de que o trabalho abstrato já existe em sociedades pré-modernas, que…

O primeiro de maio e a frente única — José Carlos Mariátegui
| |

O primeiro de maio e a frente única — José Carlos Mariátegui

(Publicado em 1 de maio de 1924, Lima) O 1° de Maio é, em todo o mundo, um dia de unidade do proletariado revolucionário, uma data que reúne todos os trabalhadores organizados em uma imensa frente única nacional. Nessa data ressoam em unanimidade obedecidas e acatadas as palavras de Karl Marx: “Proletários do mundo, uni-vos”….

Escolhas jamais serão fáceis — Felipe Taufer
| |

Escolhas jamais serão fáceis — Felipe Taufer

1. No dia 08 de outubro de 2018, às 03 horas da manhã, o jornal O Estado de São Paulo publicava o editorial, que foi ao ar logo após a apuração do resultado do primeiro turno das eleições presidenciais de 2018, com a seguinte manchete: “Uma escolha muito difícil”. O editorial levantava o mote de…

A reabertura das escolas só confirma sua obsolescência — Nathalia Colli
| |

A reabertura das escolas só confirma sua obsolescência — Nathalia Colli

Não há nada para ser ensinado através das matérias fora aquilo que os alunos já recebem em casa. Não há nenhum plano de futuro para os adolescentes e para as crianças, nesse exato momento, a não ser saírem com vida ao lado dos seus. Através do ensino remoto, talvez as aulas ainda ganhem algum sentido…

Entrevista com Samo Tomšič — Dennis Schep
| | |

Entrevista com Samo Tomšič — Dennis Schep

Entrevista por Dennis Schep. Por que Marx e Lacan? A questão subjacente é: por que marxismo e psicanálise? Olhando para trás, talvez possamos concluir que a maioria das tentativas anteriores de combinar esses campos de pensamento acabou em fracasso. Depois, houve os anos do pós-modernismo, quando Marx não era mais visto como um pensador econômico…