MARIGHELLA: a memória de um Brasil que perdura  — Jade Amorim
Jade Amorim | Produções

MARIGHELLA: a memória de um Brasil que perdura — Jade Amorim

Em cada morro uma história diferenteQue a política mata gente inocenteE quem era inocente hoje já virou bandidoPra poder comer um pedaço de pão todo fodido.Banditismo por pura maldadeBanditismo por necessidade Chico Science É espantosa (ou não) a maneira como o filme Marighella foi recepcionado pela crítica alemã, o que põe em xeque a falta…

A articulação dos povos para além do capital – entrevista com Neto Onirê da Teia dos Povos
Entrevistas

A articulação dos povos para além do capital – entrevista com Neto Onirê da Teia dos Povos

Entrevista realizada pela revista Zero à Esquerda com a participação de Neto Onirê, agricultor, Dirigente Estadual da Brigada Ojeffersson-MST e conselheiro da Teia dos Povos. O que é a Teia dos Povos? A Teia é uma articulação. Uma retomada das lutas que conseguiram apontar horizontes para além do Capital. Não é a primeira vez que…

O trabalho abstrato é universal? — Slavoj Žižek
Slavoj Žižek | Traduções

O trabalho abstrato é universal? — Slavoj Žižek

Na medida em que ele deixa em silêncio o papel – chave da ciência moderna nos circuitos do capital, Saito pensa abstratamente no sentido hegeliano de abstrair ou ignorar circunstâncias concretas. E em nenhum lugar essa abstração é mais palpável do que sua afirmação de que o trabalho abstrato já existe em sociedades pré-modernas, que…

O primeiro de maio e a frente única — José Carlos Mariátegui
Autores | José Carlos Mariátegui | Traduções

O primeiro de maio e a frente única — José Carlos Mariátegui

(Publicado em 1 de maio de 1924, Lima) O 1° de Maio é, em todo o mundo, um dia de unidade do proletariado revolucionário, uma data que reúne todos os trabalhadores organizados em uma imensa frente única nacional. Nessa data ressoam em unanimidade obedecidas e acatadas as palavras de Karl Marx: “Proletários do mundo, uni-vos”….

Escolhas jamais serão fáceis — Felipe Taufer
Autores | Felipe Taufer | Produções

Escolhas jamais serão fáceis — Felipe Taufer

1. No dia 08 de outubro de 2018, às 03 horas da manhã, o jornal O Estado de São Paulo publicava o editorial, que foi ao ar logo após a apuração do resultado do primeiro turno das eleições presidenciais de 2018, com a seguinte manchete: “Uma escolha muito difícil”. O editorial levantava o mote de…

A reabertura das escolas só confirma sua obsolescência — Nathalia Colli
Autores | Nathalia Colli | Produções

A reabertura das escolas só confirma sua obsolescência — Nathalia Colli

Não há nada para ser ensinado através das matérias fora aquilo que os alunos já recebem em casa. Não há nenhum plano de futuro para os adolescentes e para as crianças, nesse exato momento, a não ser saírem com vida ao lado dos seus. Através do ensino remoto, talvez as aulas ainda ganhem algum sentido…

Entrevista com Samo Tomsic — Dennis Schep
Autores | Dennis Schep e Samo Tomsic | Traduções

Entrevista com Samo Tomsic — Dennis Schep

Entrevista por Dennis Schep. Por que Marx e Lacan? A questão subjacente é: por que marxismo e psicanálise? Olhando para trás, talvez possamos concluir que a maioria das tentativas anteriores de combinar esses campos de pensamento acabou em fracasso. Depois, houve os anos do pós-modernismo, quando Marx não era mais visto como um pensador econômico…

O anticapitalismo radical de Martin Luther King — Keeanga-Yamahtta Taylor
Autores | Keeanga-Yamahtta Taylor | Traduções

O anticapitalismo radical de Martin Luther King — Keeanga-Yamahtta Taylor

Num ensaio publicado postumamente, Martin Luther King Jr. indicava que a “revolução negra” havia se estendido para além dos “direitos dos negros”. A luta, dizia ele, está “forçando a América a enfrentar todas as suas falhas inter-relacionadas – o racismo, a pobreza, o militarismo, o materialismo. Está expondo os males profundamente enraizados em toda a…

As palavras de Biden sobre a (falta de) alma de Putin são uma regressão ao racismo vulgar — Slavoj Žižek
Autores | Slavoj Žižek | Traduções

As palavras de Biden sobre a (falta de) alma de Putin são uma regressão ao racismo vulgar — Slavoj Žižek

Estou longe de ter qualquer admiração por Trump, mas as palavras de Joe Biden sobre o “assassino Putin” e sua suposta falta de alma fazem-me quase nostálgico de alguns aspectos dos anos com Trump. Quando perguntaram a Biden se ele acredita que Putin é um assassino, ele respondeu: “acredito”. Ele também falou sobre como em…