Documentos em vez de narrativas: sobre “Um Stálin desconhecido” – Marcos Barreira
|

Documentos em vez de narrativas: sobre “Um Stálin desconhecido” – Marcos Barreira

A literatura das duas últimas décadas sobre Stálin é fortemente marcada por disputas narrativas. Ainda nos anos 1990, Ludo Martens falou em um “novo olhar” sobre a URSS stalinista que, no entanto, era estranhamente similar à versão comunista oficial dos anos 1930. Avançando na desconstrução da “lenda negra” de Stálin no Ocidente, D. Losurdo transformou…

Também Marcuse um adulador? – Pier Paolo Pasolini

Também Marcuse um adulador? – Pier Paolo Pasolini

* [1] Esta nota é pretexto. Examino o Marcuse… manipulado pela entrevista, não o verdadeiro. Sei – a partir de uma entrevista do “Paese Sera” que Marcuse teria definido os jovens estudantes como “os verdadeiros heróis do nosso tempo” (a palavra “heróis” é usada em sentido positivo, e não, por exemplo, como poderia ser usada…

Filosofia, diálogo e formação: um ensaio a Bento e Paulo sobre uma filosofia brasileira – João Pedro da Silva
|

Filosofia, diálogo e formação: um ensaio a Bento e Paulo sobre uma filosofia brasileira – João Pedro da Silva

Este ensaio propõe tratar da possibilidade sobre uma filosofia brasileira a partir das obras O problema da filosofia no Brasil e Um departamento francês de ultramar, de Bento Prado Jr. e Paulo Arantes. A proposta é “jogar” com as ideias sobre a formação de uma cultura filosófica apresentadas nos textos destes dois autores, desde a
tese de que não há filosofia nacional independente até de que fora o próprio Bento que “fundou” a filosofia no Brasil na forma do ensaio filosófico uspiano. De maneira zelosa e irônica, o texto mais tenta refletir sobre em que moldes pode-se falar de tal tema do que a busca em si por uma brasilidade filosófica.

CHAMADA: DOSSIÊ #64

CHAMADA: DOSSIÊ #64

PEQUENA MEMÓRIA PARA UM TEMPO SEM MEMÓRIA A Revista Zero à Esquerda abre a chamada de artigos, ensaios, produções literárias, resenhas e notas para o dossiê 64# “Pequena memória para um tempo sem memória”.Na contramão da tradição de esquecer o passado propagada pelas instituições deste país, entendemos que se faz necessário e urgente trazer a…

Entrevista de Moishe Postone: a atualidade da Teoria Crítica
| |

Entrevista de Moishe Postone: a atualidade da Teoria Crítica

OUTROS TEMPOS EXIGEM OUTROS CONCEITOS Jochen Baumann conversa com Moishe Postone sobre a atualidade da Teoria Crítica[1]Essa entrevista foi publicada em 1999. Em 2003 e 2007 apareceram, respectivamente, os textos “O Holocausto e a trajetória do século XX” e “Considerações sobre a história judaica como … Continue reading Jochen Baumann: O que você entende por marxismo…

O desejo de riqueza do subproletariado romano —Pier Paolo Pasolini
|

O desejo de riqueza do subproletariado romano —Pier Paolo Pasolini

Eu os observo, esses homens, educadospara uma vida diferente da minha: frutosde uma história outra, e encontradosquase irmãos, aqui, na última formahistórica de Roma. Eu os observo: todostêm um ar de vaqueiro adormecidoarmado com uma faca; e seus fluidosvitais são de uma escuridão profunda,como a icterícia papal de Belli,não púrpura, mas um cinzento opaco,de vômito…

Encontro com o 25 de abril, 50 anos depois — Ricardo Menezes
|

Encontro com o 25 de abril, 50 anos depois — Ricardo Menezes

Por um euro se compram os cravos nas esquinas. Senhoras pequenininhas como minha vó, torrando ao sol da primavera — que vem já desacreditada depois de um inverno imenso. Por um euro se compram os cravos para enfeitar a lapela ou os cabelos naquilo que já é um símbolo e um desfile cívico. Os ex-combatentes,…

Entrevista de Pedro Rocha de Oliveira a Tadeu Breda: “Breve história do progressismo antipático”
| |

Entrevista de Pedro Rocha de Oliveira a Tadeu Breda: “Breve história do progressismo antipático”

“Que, diante da ascensão da extrema direta, as forças progressistas e de esquerda brasileira se transformaram em ferrenhas defensoras da institucionalidade injusta e desigual que vigora no país — e que até pouco tempo criticavam ferrenhamente —, todo mundo sabe. Mas ninguém ainda havia explicado esse processo ao grande público como Pedro Rocha de Oliveira,…

A modulação da subjetividade – Wesley Sousa

A modulação da subjetividade – Wesley Sousa

A notícia divulgada pelo jornal britânico The Guardian, sobre a “descoberta” de que a Geração Z, principalmente homens jovens, está cheia de conservadores (01 de fev. de 2024), como se fosse alguma surpresa, levanta um ponto interessante sobre a interpelação da ideologia na modulação da subjetividade contemporânea1. Antes de adentrar ao conteúdo mais conceitual e…

O 7, ímpar e vermelho — Daniel Bensaïd
| |

O 7, ímpar e vermelho — Daniel Bensaïd

“Le 7, gauche et rouge” – Introdução ao livro “A aposta melancólica [Le pari mélancolique]: metamorfoses da política, política das metamorfoses”, de Daniel Bensaïd, 1997. “Já estamos inseridos nisso.” Pascal “Todo Pensamento emite um Lance de Dados.” Mallarmé Na virada do século XV, o espaço e o tempo são submetidos a uma grande metamorfose. O…